Track Name: Menospreso
Eu não irei me conformar, eu não irei me cancerizar.
Eu não estou menos preso, outra linha que não é continuidade definida.
Policiar (eu não irei), terceirizar (terceirizar), eu não vou mais me importar, eu não estou definida!...

“Pingüins descobrem, gostam e gozam da opção gay”,

“a vida é sua, faça o que quiser!”.
Eu pensando me deparo com isto e não há nenhum controle próprio.
Track Name: Force Entorte
O que está no seu conforme...
Peça que force entorte...
Vós caindo saberá...
Estás perdindo fundido...
Estarei rosa ao calcanhar sua-visão...
Para qual afunda...
Toques sinicos de assuntos bíblicos.
Track Name: Charlie Chaplin Bird - Por que não
E por não? O natural impede supressões ao invés de premeditar incitações.
Apoiamos as revoltas copulares ou não.
Sempre liminares apenas preparativos para momentos férteis, >>>inoportunos<<<!
Seremos coitados felizes:)
Track Name: Charlie Chaplin Bird - Pseudo Nós Mesmos
Uma visão pseudo-obrigada de uma falsa, se encontrar em jardins de crucifixos,
pregando telas pintadas por desafinidades, clandestinidade.
Praticamos sub-ação pessimista, pseudominada por nós mesmos.
Praticamos ação sub-pessimista, dominada por pseudo nós mesmos.
Paredes reflexadas dão no mesmo, nada são.
Uapapê!Uapapê!Uapapê!Uapapê!
Track Name: Charlie Chaplin Bird - Estátuas
Lembre-se de não pular neste lugar onde o teto está próximo demais e as estatuas de vidro não podem ser tocadas, pois podem facilmente cair, quebrar.
Não lembraram de reservar um espaço nosso para dançar e as estatuas não nos dão o prazer da dança.

O teto não nos permite dançar... dançar.. dançar até ca-ca-cair!
Track Name: Charlie Chaplin Bird - Olho Fraco
Esse olhos me enganam habitualmente,
me faz sentir pena e afeto por uma figura idosa.
Força apetite sexuável, por um corpo insinuado, esforçado... insinuado!
Traz sensação antes do primeiro toque, antes do primeiro só de olhar eu gozo e gofo.
Poderia ser mais experiente, usar o olho como forte, que seja eu que entorte!
Track Name: Charlie Chaplin Bird - Garganta Aberta
Com a garganta aberta, com as pernas abertas, esperando o ódio entrar (2x)

Ela não pode mais se controlar!